sexta-feira, 23 de março de 2012

A relação de pessoas com nenhum tipo de limitação e deficientes

Muitas pessoas normais ficam confusas quando encontram alguém que é "diferente". Uma pessoa que tem medo de dizer alguma coisa "errada" a uma pessoa deficiente, pode até evitar uma comunicação. Este mal pode ser evitado se pessoas deficientes e normais se virem e interagirem mais frequentemente no trabalho e na sociedade.
 As pessoas não procura obter informações a respeito de deficiências, tanto física ou mental, é a partir desta falta de conhecimentos que começa a gerar a desigualdade. Desculpa se com essas palavras, ofenderei a você, que costuma ignorar a estes anjos abençoados por Deus. Mas isso é uma grande falta de respeito com parte de nossa população. Irei aconselhar a todos que façam a diferença entre a humanidade, não ignore, deixe sempre o caminho aberto para uma nova amizade, seja com pessoas normais ou especiais.
Tenho certeza que ter um amigo (a) deficiente não é a pior coisa do mundo, obter um amigo assim, deverá ser bem melhor que ter um normal, você aprende a conviver com as diferenças.
Por isso, tenha um amigo especial e jamais ignore!!!

quinta-feira, 22 de março de 2012

Minhas origens


Aos meus dezesseis anos de idade, resolvi escrever este blog, que através dele levarei informações, curiosidades e exemplos de vidas sobre seres humanos especiais ou deficientes.
Eu, Rita de Cássia, nasci no estado do Acre, na cidade de Tarauacá, sou filha de José Ribamar da Silva Andrade e Maria da Conceição da Silva Albuquerque, mas, desde meus dois anos de idade, moro em Cruzeiro do Sul, com meus avôs paternos: Maria Dalva da Silva Andrade e Francisco Alves Andrade.
Quando vim ao mundo todos meus familiares pensavam que eu era apenas mais uma criança normal que chegava, mas não era bem assim, o nosso Senhor já tinha traçado o meu destino.
Por que digo isto? Calma vocês já irão entender!


Deus não me quis fazer uma pessoa igual às outras, nasci com uma deficiência que conhecemos como paralisia infantil. Bem, quem tem esta deficiência, encontra-se impossibilitado de andar e também perde alguns movimentos do corpo. Mas não é só por que convivo com esta deficiência que vou deixar de desfrutar das coisas boas da vida.
Bola pra frente!!!

segunda-feira, 19 de março de 2012

Meus pensamentos sobre a vida


No universo existem seres humanos diferentes uns dos outros, pessoas com nenhuma deficiência reclamam constantemente da vida que Deus lhes deu. Mas, não fazem à mínima ideia de que existem crianças, jovens, adultos e idosos que enfrentam o mundo todos os dias sem enxergar, sem poder mover-se a algum lugar sozinho, mesmo assim dão-nos um exemplo de perseverança e nunca reclamam da vida que tem.
Quantas vezes você avistou uma pessoa cadeirante, deficiente auditiva, deficiente visual, etc? Aposto que muitas e muitas vezes.
Você ficou bastante impressionado com o nosso jeito de viver entre a sociedade, a forma que encontramos para vencermos os obstáculos que temos nas ruas, departamentos públicos e em casa, não é!
Então, vocês já perceberam de que este blog ensinará um pouco sobre a vida de pessoas com alguma deficiência. Irei começar pela minha própria história, e espero sinceramente que a população de todo planeta, identifique-se com a literatura que vou utilizar nessas singelas linhas.